4 dicas para proteger-se do roubo de motas

cartrack, cartrack portugal, sempre em controlo, roubo de motas, veículos de duas rodas, segurança, furto, roubo, motociclistas, cuidados, dicas, motorizadas, ladrões

Ter uma mota tem muitas vantagens, sobretudo para quem vive na cidade e consegue escapar à filas intermináveis de trânsito. Prova destas vantagens é o facto de as vendas de motociclos terem aumentado mais de 10% nos primeiros cinco meses do ano olhando para o número de unidades matriculadas. Mas a verdade é que, por outro lado, o roubo de motas também é mais fácil do que o roubo de um carro, exigindo atenções redobradas.

Por isso mesmo, a Cartrack reuniu quatro dicas essenciais que deve seguir para o ajudar a proteger-se e evitar que a sua mota seja roubada ou furtada.

 

roubo de motas, veículos de duas rodas, segurança, furto, roubo, motociclistas, cuidados, dicas, motorizadas, ladrões

 

Aumento de vendas de motociclos nos primeiros cinco meses do ano em Portugal, segundo dados da ACAP.

 

 

 1.   Altere a sua rotina

O momento em que a mota está parada é sempre o mais crítico. Portanto, deixá-la estacionada sempre nos mesmos locais junto do trabalho ou de casa – quando não tem garagem – pode chamar à atenção de pessoas mal-intencionadas. Deste modo, deixar a mota em vários locais diferentes, mas que sinta que são seguros pode ser uma boa opção. Ao mesmo tempo, nunca deve deixar o seu veículo de duas rodas num local escuro e mais escondido. Não facilite a tarefa dos ladrões que, assim, têm mais tempo para as suas manobras de roubo.

Por outro lado, sair de casa sempre no mesmo horário e fazer todos os dias o mesmo percurso, principalmente durante a noite, pode facilitar o planeamento de uma abordagem de criminosos atentos aos detalhes. Por isso, o melhor é alterar de vez em quando a sua rotina e ser menos previsível, alterando os seus horários de saída ou o caminho que costuma fazer. Nestes casos, é preferível gastar um pouco mais de tempo ou chegar mais cedo, do que estar envolvido numa situação desconfortável de roubo.

 

 2.   Utilize correntes ou cadeados

É muito comum vermos motas amarrados a alguma coisa. Este é um método considerado arcaico, mas que continua a ser muito utilizado. A pensar nisso, diversos fabricantes desenvolveram correntes e cadeados específicos na tentativa de reduzir o furto ou roubo de veículos de duas rodas.

As correntes fabricadas especificamente para motas são mais reforçadas e têm um revestimento plástico que evitam que enferruje e risque a mota. No entanto, esta deve ser apenas uma opção a considerar em paragens rápidas. Isto porque, apesar de serem muito resistentes, existem alicates capazes de os cortar.

Para além das correntes, também existem os cadeados de disco. Estes são instrumentos mais robustos e fáceis de transportar devido à sua pequena dimensão. Tornam-se também mais difíceis de quebrar e, embora não seja um método totalmente eficaz, acabará por atrasar os ladrões. Uma coisa importante: não se esqueça de retirar o cadeado de disco quando vai arrancar com a mota para evitar uma queda acidental.

 

 3.   Instale um alarme

O efeito dos alarmes tende a ser eficaz e incómodo para as pessoas, com efeito dissuasor para quem se prepara para cometer um crime. Este pode disparar um sinal sonoro ou luminoso, que acabará por inibir a ação do delinquente e alertar outras pessoas que existe algo de errado. No entanto, estes podem ser mais caros do que os cadeados ou as correntes.

Nos dias de hoje, alguns veículos de duas rodas já vêm equipados com alarme sonoro e/ou luminoso. Noutros casos, são os proprietários que devem tomar a iniciativa de o instalar. Nestes casos, é importante fazer a instalação num local especializado, com profissionais que têm o conhecimento técnico necessário para não danificar a parte elétrica. Porém, deve ter em atenção que quando a mota está parada demasiado tempo, o alarme ligado fará com que gaste alguma bateria da sua mota.

 

 4.   Tenha um rastreador GPS

A forma mais eficaz de proteger o seu veículo de duas rodas contra furtos ou roubos é através de um dispositivo tecnológico de tracking que o ajudará a localizar a sua mota em tempo real e a ser alertado em caso de uso indevido. Recorrendo ao sistema da Cartrack pode monitorizar, em tempo real, através de uma plataforma online, a posição e percurso da sua mota. Além disso, os serviços da Cartrack dispõem ainda de uma equipa permanente que auxilia a recuperação de viaturas roubadas e lhe envia um alerta quando são detetadas movimentações indevidas, sendo mesmo a única empresa do mercado que se compromete a recuperar a sua mota em caso de furto ou roubo, com uma taxa de sucesso de 98%.

Produzido pela Webtexto para a Cartrack